Francisco Costa
Do Mais Goiás

Errata: homem mata a ex, amigo dela e depois se mata em Palmeiras de Goiás

Informação foi confirmada pela filha da vítima

No caso que mulher foi morta pelo ex, homem matou conhecido e não atual da vítima
Imagem ilustrativa (Foto: Reprodução/Pixabay)

Diferente do que foi noticiado na matéria anterior: “Homem mata a ex, o atual dela e depois se mata em Palmeiras de Goiás”, a segunda vítima não era atual companheiro da mulher, apenas amigo, segundo a família.

Segue a matéria atualizada:

Um homem, identificado como Itamar Ferreira da Silva, matou a ex-companheira, um conhecido dela e depois se matou em Palmeiras de Goiás a 93,7 km de Goiânia. O caso aconteceu na noite de quarta-feira (31). A informação foi confirmada pela filha da vítima.

Ela encaminhou uma nota: “Iara Tavares foi esfaqueada pelo ex-marido na presença de um conhecido – que também foi esfaqueado -, em sua residência, no Centro da cidade. Após invadir o local e cometer o duplo assassinato, o autor cometeu suicídio. Os três foram socorridos com vida, mas morreram no Pronto Socorro Municipal Marconi Perillo, Unidade de Apoio aos casos de urgência e emergência.”

Segundo a Polícia Militar (PM), Itamar usou uma barra de ferro para quebrar o portão e entrar na casa. A PM chegou a acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que levou os feridos ao hospital. Paulo estava acordado e conseguiu relatar tudo que havia acontecido. Porém, ele não resistiu. O autor estava com ferimento gravíssimo, foi levado para Goiânia, mas também não resistiu e faleceu.

A filha da vítima pediu, apenas, que o portal colocasse uma mensagem da família sobre o ocorrido para alertar outras mulheres. “Ao menos sinal de violência, seja qual for, acionem imediatamente a polícia ou qualquer outro meio de defesa.”