No ‘Altas Horas’, Zé Neto é criticado ao receber máscara e deixá-la de lado: vídeo

"Esse cara quase morreu de covid, não foi?" indagou uma internauta no Twitter

Zé Neto Altas Horas
(Foto: Reprodução Globo)

O sertanejo Zé Neto, da dupla com Cristiano, vem sendo criticado nas redes sociais após participar do ‘Altas Horas‘, da TV Globo, no último sábado (9). Acontece que, por conta da pandemia, os convidados da atração devem deixar as máscaras de lado somente enquanto estão gravando no estúdio. Quando o programa termina, todos recebem um kit de proteção e colocam as máscaras enquanto os créditos ainda estão subindo, para servir de exemplo para o público.

Enquanto o protocolo estava sendo seguido, Zé Neto recebeu a máscara e a deixou de lado, enquanto todos os demais convidados colocam a proteção, inclusive Cristiano.

O momento foi compartilhado no Twitter e gerou inúmeras críticas ao cantor.

“Se acha difícil colocar uma máscara, eu mentalmente questiono como é o restante da higiene”, comentou um usuário do microblog. “Esse cara quase morreu de covid, não foi? Parece que não aprendeu…”, opinou um internauta.

Vale lembrar que, em junho do ano passado, Zé Neto contraiu Covid-19 após furar a quarentena. Depois de ser criticado na web, o cantor gravou um vídeo em que admitia o erro. Na gravação ele disse ainda que “a doença é séria” e pediu para as pessoas respeitarem a quarentena.

ASSISTA O VÍDEO:

ATUALIZADA: O Mais Goiás entrou em contato com a assessoria do cantor, que informou que o sertanejo não irá comentar sobre o caso.

Mais polêmica

Recentemente o sertanejo se envolveu em outra polêmica. Luisa Mell criticou Zé Neto após ele revelar que fez uma promessa em que teria que andar mais de mil quilômetros em cima de um burro.

“Não foi você que fez a promessa? Ajoelha no milho, vai andando… Não consigo entender”, começou Luisa.

“Sempre mostro as tragédias que acontecem com animais nessas romarias. Cavalos morrem todos os anos. Vocês acham que Deus gosta disso? Aceito todas as religiões, cada um fala com Deus do jeito que quer, mas pague você a promessa.”, disse a ativista.