FolhaPress

Neymar deixa treino da seleção mancando em Teresópolis

No fim da atividade, após tentar uma finalização, o atleta colocou a mão no joelho esquerdo e deixou o gramado mancando

O atacante Neymar deixou o treino da seleção brasileira mancando nesta terça-feira (28), na Granja Comary, em Teresópolis.

Já no fim da atividade, após tentar uma finalização, o atleta colocou a mão no joelho esquerdo e deixou o gramado mancando, virando preocupação para a comissão técnica da seleção brasileira.

Neymar realizava atividade no campo com os demais jogadores quando foi até a lateral trocar de chuteira. Logo depois, levou a mão ao joelho esquerdo e pareceu estar com dores.

Em seguida, o atleta demonstrou irritação com as supostas dores, ao chutar uma bola para longe. Então, se dirigiu aos vestiários do complexo esportivo da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) em Teresópolis.

O médico da seleção, Rodrigo Lasmar, o acompanhou no momento em que Neymar deixou o campo, aparentando sentir dores. Segundo a CBF, o atleta já iniciou tratamento e está em observação.

A seleção brasileira realiza atividade no Centro de Treinamento com parte do elenco que vai disputar a Copa América.

Neymar chegou no último sábado (25), de helicóptero. No dia seguinte, foi avisado por Tite que não seria mais o capitão da seleção brasileira, após indisciplina no PSG. Daniel Alves herdou a faixa.

O atleta já enfrentou problemas recentes por lesões.

Neymar ficou afastado no começo de 2019, com uma fratura no quinto metatarso do pé direito. Foram mais de dois meses longe dos gramados.

No ano passado, o jogador enfrentou a mesma lesão, passando, inclusive, por procedimento cirúrgico. Ele voltou a jogar às vésperas da Copa do Mundo da Rússia.

Também em 2018, Neymar se ausentou do PSG em seis partidas, em períodos distintos do ano, por dores na coxa direita, além de um jogo por dores na costela.

CONFIRA OS PRÓXIMOS JOGOS DA SELEÇÃO BRASILEIRA

Amistosos:

05/6 – Brasil x Qatar, em Brasília, às 21h30 (de Brasília)

09/9 – Brasil x Honduras, em Porto Alegre, às 16h (de Brasília)

Copa América:

14/6 – Brasil x Bolívia, em São Paulo, às 21h30 (de Brasília)

18/6 – Brasil x Venezuela, em Salvador, às 21h30 (de Brasília)

22/6 – Peru x Brasil, em São Paulo, às 16h (de Brasília)