FolhaPress

Nathasha Rosa é liberada de punição por doping e poderá competir em Tóquio

Ela deverá estrear nas Olímpiadas nesta sexta-feira (23), no levantamento de peso

Foto: Divulgação

Às vésperas da sua prova acontecer nos Jogos de Tóquio, a levantadora de peso Nathasha Rosa foi liberada para competir após decisão da divisão antidoping da Corte Arbitral do Esporte (CAS) nesta quinta-feira (22). A sua estreia, na modalidade 49 quilos, deverá ocorrer nesta sexta, 23, às 21h50 (de Brasília).

Ela estava suspensa desde o último dia 7 de maio após ter sido flagrada em exame antidoping. Na amostra, realizada no mês de março, foi detectada a presença de hidroclorotiazida e eloraminofenamida, diuréticos que ajudam a esconder demais substâncias.

A defesa de Natasha conseguiu comprovar que ela havia ingerido um produto no qual não apresentava as substâncias em seu rótulo.

A Federação Internacional de Levantamento de Peso (IWF), no dia 6 de julho, retirou a suspensão provisória de Natasha, que viajou para o Japão mesmo com a possibilidade de a audiência do CAS ocorrer antes dos Jogos e puni-la por um longo período.

“A Corte Arbitral do Esporte acolheu a nossa tese de defesa, entendeu que a atleta teve um grau mínimo de negligência e que isso ensejaria no período de suspensão por um mês. Como havia cumprido dois meses de suspensão provisória, esse período foi considerado válido, razão pela qual a atleta encontra-se plenamente legível para participar dos Jogo de Tóquio”, diz o advogado Marcelo Franklin, defensor de Natasha e especialista em casos de doping.

Nathasha é a atual campeã sul-americana na categoria até 49 quilos.

No sábado (16), o levantamento de peso já havia perdido sua principal esperança de medalha por doping, Fernando Reis. O esportista teve teste positivo em exame feito em 11 de junho deste ano, fora do período de competições. Segundo a ABCD, foi encontrado um hormônio do crescimento na urina do brasileiro. Trata-se de uma substância proibida.

Ele ainda pode requisitar a contraprova e esperar o julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva de Antidopagem, que não tem data para ocorrer.

“A Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) comunicou, em despacho, nesta sexta-feira (16), a suspensão provisória do pesista Fernando Reis, de forma imediata. O atleta viajaria na próxima semana para o Japão para participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio”, diz o comunicado da confederação.