Repercussão

Nas redes sociais, Caiado critica discurso de Lula

O ex-presidente afirmou que Marisa Letícia morreu triste por causa das acusações feitas na Operação Lava Jato


Karla Araujo
Do Mais Goiás | Em: 05/02/2017 às 09:14:05

 (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O senador por Goiás Ronaldo Caiado (DEM) criticou o ex-presidente Lula por seu discurso feito ontem (4) durante o velório da ex-primeira-dama Marisa Letícia. Em sua fala, Lula disse que Marisa morreu triste, que fizeram uma “canalhice” contra ela e que quer provar a inocência da esposa nas investigações da Operação Lava Jato, em que era ré junto com Lula em duas ações penais.

Na sua página oficial no Facebook, Caiado escreveu que Lula não tem limites em sua capacidade de ser indecoroso, pois profanou a própria viuvez e ousar atribuí-la a terceiros. “Se alguém pode ser responsabilizado pelo infortúnio de dona Marisa, é quem a envolveu nesse mar de delitos, e que não soube (ou não quis) poupar a própria família”, disse.

Caiado ainda afirmou que ao tentar politizar um drama, o ex-presidente se expôs ao vexame público. “O réu é ele, não a justiça. Lula, se não consegue respeitar o Brasil, respeite ao menos sua família!”, concluiu.

O discurso do ex-presidente durou 40 minutos e foi alternado entre a fala pausada e momentos de emoção. Muitas vezes ele foi interrompido por palmas de populares, familiares, amigos e militantes do PT que lotavam o terceiro andar do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP).

Após o velório, o corpo da ex-primeira-dama foi o cremado do cemitério Jardim da Colina, em São Bernardo do Campo. A ex-primeira-dama morreu ontem (3), aos 66 anos, após ficar dez dias internada no hospital Sírio-Libanês onde Marisa estava internada desde o dia 24 de janeiro após sofrer um acidente vascular cerebral hemorrágico.