Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás

Ana Clara Paim sobre Seu Waldemar: “Não vou nem quero passar pano”

Colegas de trabalho no programa 'No Balaio', da TV Anhanguera, não estariam se dando muito bem. Apresentadora se posicionou nas redes sociais após o colega de trabalho publicar um vídeo onde mostra a genitália de uma garota na própria rede social

Não somos amigos, diz Ana Clara Paim sobre Seu Waldemar
'Não somos amigos, diz Ana Clara Paim sobre Seu Waldemar

A apresentadora do programa No Balaio, da TV Anhanguera, Ana Clara Paim, utilizou as redes sociais, nesta segunda-feira (7), para se pronunciar sobre o vídeo com conteúdo impróprio e sexual envolvendo o colega de trabalho, o humorista Seu Waldemar.

Ana Clara se solidarizou com a garota exposta no vídeo e alegou que ela e Waldemar “não são amigos”. Também disse que “não vai” e “não quer passar pano” para esta história.

“Não precisa ser feminista, como eu sou. Basta ser humanista para repudiar uma atitude dessa. É só você ter compaixão pelo próximo, o mínimo de respeito para entender que, mesmo que essa situação não fosse exposta, já seria um respingo da masculinidade tóxica na qual a gente convive por muito tempo e que só se continua porque situações como essas são sempre bem sucedidas e acontecem em off. E pelo fato da gente dar palco e voz a personalidades nos vendem o que querem e o que a gente não busca conhecer a verdadeira opinião”, afirma a apresentadora.

Em outro trecho, Ana Clara revela ter cortado relações com o colega de trabalho há algum tempo. “A gente não tem muita proximidade. Não mais. Por ‘n’ outros motivos, mas nunca me coube torná-los públicos e continuo com a intenção de não torná-los públicos porque eu acredito muito que a gente tem que seguir o nosso [caminho], fazer o nosso e o que é nosso está guardado”, assevera.

Ana Clara Paim afirma que foi cobrada nas redes sociais por um posicionamento e que a mesma não iria “passar pano” para a atitude do colega de profissão. “Inclusive sei que tem consequências. Isso foi um crime! E temos que sofrer com as consequências de nossas atitudes. […]Não estou de acordo. Não estou do lado. E é muito complicado você fazer parte de uma coisa que essa coisa fere aquilo que você representa e a casa que você defende”, continua.

A apresentadora ainda manda um recado para todos os homens diante de casos de assédios e cita até o recente caso do ex-global Marcius Melhem, que está sendo acusado de assédio sexual por diversas humoristas, como Dani Calabresa. “Escutem quando a gente fala que tal coisa é assédio, que a gente não gostou. Esse ‘mimimi’ é necessário para que a gente mude e perceba que esses episódios são retratos de uma cultura escrota na qual a gente, felizmente, está conseguindo mudar, justamente por causa disso, por ter voz”, dispara.

“E, meninas, saibam que esse tipo de atitudes, apesar de serem muito recorrentes, não [devem] te fazer ficar com vergonha. Quem tem que ficar com vergonha é quem faz. Então, fale! Fale com suas amigas, denunciem! Não se calem, seja quem for, Marcius Melhem, seja qualquer pessoa. Seja a fama que tiver. Não se calme! Só assim, om esperança e com sorte, a gente descontrua, cada vez mais, essa masculinidade tóxica e escr**a”, diz.

Ela também pede para que o vídeo da jovem exposta nas redes de Waldemar não seja divulgado ou compartilhado. “Ela não queria ser exposta para mais uma pessoa. A gente pode falar de uma atitude, mas sem causar maiores constrangimentos”, sublinhou.

Assista ao pronunciamento de Ana Clara Paim

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Ana Clara Paim (@anaclarapaim)

O Mais Goiás entrou em contato com a TV Anhanguera para um posicionamento e foi informado que um comunicado oficial será colocado nas redes socais da emissora ainda nesta tarde. O texto será atualizado assim que a nota for divulgada.

Relembre o caso com Seu Waldemar

O humorista publicou, no último domingo (6), um vídeo no qual a genitália de uma garota fica exposta na própria rede social. A gravação foi apagada pouco tempo demais. A moça aparenta não perceber que estava sendo filmada. Em respeito a ela, o Mais Goiás não reproduzirá foto ou vídeo.

“Olha pra mim véi, o negócio lá do… Como que chama? Aquele trem que rachou lá? (sic)”, ouve-se na voz Waldemar, enquanto dá-se zoom nas partes íntimas da jovem. O vídeo, que tem duração de 15 segundos, também expõe o rosto da jovem. A gravação teria permanecido no ar por cerca de oito minutos.

O escritório do humorista relatou que o mesmo “não está bem de saúde”. Um posicionamento oficial será publicado ainda nesta segunda-feira. O texto será atualizado após a divulgação da nota.