Do Mais Goiás

Não há previsão de retorno das aulas presenciais em Goiânia, diz prefeitura

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, aulas retornarão no dia 21 de janeiro em ambiente virtual

Ao contrário da rede estadual de ensino, que prevê o retorno das aulas em Goiás de forma híbrida, ou seja, presencial e via remota, a rede municipal de ensino de Goiânia não tem previsão para que as aulas presenciais voltem a ser oferecidas nas escolas municipais. Conforme a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), as aulas retornarão na capital no dia 21 de janeiro, mas ainda de forma totalmente virtual.

Conforme a SME, o retorno das aulas presenciais nas escolas do município de Goiânia dependem dos protocolos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que ditará como as escolas deverão se adequar na prevenção ao coronavírus, causador da covid-19. “”Desde o começo da pandemia, a Educação tem construído protocolos que preveem adequações em várias vertentes, mas assim como a pandemia evoluiu, esses protocolos precisaram evoluir também, adaptados conforme o cenário epidemiológico”, declarou a SME.

No entanto, ainda segundo a pasta, a definição desses protocolos “deve acontecer o quanto antes”, mas não há uma data definida.

O Mais Goiás entrou em contato com a SMS sobre uma possível data para a divulgação das orientações sanitárias para as escolas municipais e aguarda um retorno.

Rede estadual

Já na rede estadual de ensino, as aulas serão híbidas. No dia 19 de janeiro, têm início as aulas online. e no dia 25 começam as presenciais.

Conforme a Secretaria de Estado da Saúde (SES),  o Estado continuará seguindo a resolução nacional que permite até 30% de estudantes nas escolas. De acordo com a pasta, a preferência para o retorno às aulas presenciais será dos alunos da 3ª série do ensino médio, do 9º ano e daqueles estudantes que não tiveram acesso às redes sociais ao longo de 2020.

Vale ressaltar que o retorno às aulas presenciais para tais grupo não é obrigatório.