Na justiça

‘Najila não é bandida, é vítima’, afirma advogado após acusações contra a modelo

Defesa tentará barrar na Justiça o processo por fraude processual


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 07/10/2019 às 12:23:18

A modelo Najila Trindade presta depoimento à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no caso em que acusa o jogador Neymar de divulgar imagens íntimas suas na internet. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
A modelo Najila Trindade presta depoimento à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no caso em que acusa o jogador Neymar de divulgar imagens íntimas suas na internet. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

O advogado de Naija Trindade tentará barrar na Justiça de São Paulo a acusação por fraude processual contra ela no caso em que acusou Neymar de estupro durante um encontro entre eles em Paris no último dia 15 de maio, de acordo com o G1. “Najila não é bandida, é vítima”.

Estivens Alves, ex-marido de Najira Trindade, também foi acusado por fraude processual e também responderá por crime de divulgação de conteúdo erótico por ter exibido fotos da ex.

No mês passado, a Justiça rejeitou a acusação do Ministério Público por denunciação caluniosa e extorsão contra Najila, mas a Promotoria ainda pode recorrer. Para a Justiça, a modelo e o ex dificultaram as investigações da Polícia Civil e, por isso, viraram réus. “Ela não praticou fraude processual e nem atrapalhou as investigações quando foi registrar o boletim de ocorrência na delegacia sobre o caso de estupro”, afirmou o advogado. “Porque foi a própria autoridade policial que ficou convencida de que o relato de Najila sobre agressões e sexo forçado pelo jogador eram estupro”, completou.

O advogado também rebate o caso do furto do imóvel de sua cliente. “Ela não cometeu fraude processual porque foram outras pessoas que disseram a ela que seu apartamento foi arrombado e que a mídia foi levada”, disse Cosme. “E ela somente relatou isso à polícia”.

O advogado de Najila Trindade disse que ela está na Bahia com o filho que teve com o ex-marido. “Ela está tomando conta da criança e indo ao psiquiatra”, falou. “Essa história toda prejudicou até o trabalho de modelo que fazia”.

A defesa de Najila informou ao G1 que estuda entrar na Justiça com um recurso contra a decisão de processá-la por fraude. “Vamos provar no Tribunal de Justiça que isso não ocorreu”. (Com o IG)