Mutirão de catarata na Vila São Cottolengo pretende operar mais de 700 pessoas

O objetivo é colaborar para redução do déficit de 3,5 mil pessoas que aguarda por cirurgias do tipo em Goiás. Cadastro pode ser feito em unidades de saúde de bairros

Um mutirão de cirurgias para o tratamento de catarata na Vila São Cottolengo, em Trindade, pretende operar mais de 700 pessoas até outubro deste ano. A ação faz parte do programa Governo Junto de Você e tem como meta zerar o déficit de 3,5 mil pessoas que aguardam pelo procedimento em Goiás.

A fase de triagem de pacientes já iniciou. Para concorrer ao atendimento, a pessoa deve realizar cadastro no programa governamental em qualquer unidade de saúde de bairro. Após regulação no Sistema Único de Saúde (SUS), o paciente receberá uma indicação de cirurgia e encaminhamento para a Vila São Cottolengo, que é um dos locais aptos a realizar o procedimento.

“Estamos triando esses pacientes que serão atendidos. Temos a meta de atender 700 em três meses, passando desde a primeira consulta, pré-operatórios, cirurgia e pós-operatório. Estamos focados e prontos para fazermos nosso trabalho para a comunidade com excelência”, explica o Diretor Técnico da Vila, Sandro Gomes Albino.

A intervenção para catarata responde por cerca de 80% das cirurgias realizadas no Hospital da Vila São Cottolengo. Na unidade são realizados procedimentos de oftalmologia, otorrinolaringologia, ortopedia, além de cirurgia plástica e geral.