Saúde da mulher

Mulheres podem ter direito a acompanhante em procedimentos ginecológicos

Se o projeto for aprovado, pacientes que forem submetidas a exames ginecológicos em hospitais públicos ou particulares podem ser assistidas por profissionais de saúde do sexo feminino


Larissa Lopes
Do Mais Goiás | Em: 03/10/2019 às 15:52:56

Mulheres podem ter direito a acompanhante em procedimentos ginecológicos. (Foto: Reprodução)
Mulheres podem ter direito a acompanhante em procedimentos ginecológicos. (Foto: Reprodução)

Mulheres podem ter direito à acompanhamento de uma profissional de saúde do sexo feminino em procedimentos ginecológicos. Essa é a proposta apresentada na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego).

O Projeto de Lei (PL), ainda explicita que a garantia se estende a qualquer procedimento ginecológico mesmo que a paciente não esteja sedada. Além disso, o acompanhamento é previsto durante toda a realização do procedimento.

De acordo com o deputado Paulo Trabalho (PSL), autor da proposta, o objetivo é evitar problemas tanto para as pacientes quantos aos médicos. “Com o acompanhamento, é possível evitar a exposição das mulheres, que em muitos casos podem estar sedadas, e também pode preservar o trabalho do ginecologista”, enfatiza o parlamentar.