MISTÉRIO

Mulher trans goiana é encontrada morta em praia de Portugal

Angelita Seixas Alves Correia era casada e morava no país há mais de 4 anos


Ton Paulo
Do Mais Goiás | Em: 12/01/2021 às 18:58:15

Foto: Instagram
Foto: Instagram

Uma mulher trans de 31 anos, natural de Goiás, foi encontrada morta em uma praia de Portugal na tarde da última segunda-feira (11). Angelita Seixas Alves Correia era casada e morava no país há mais de 4 anos. No dia de seu desaparecimento, em 1º de janeiro deste ano, a mulher fez uma live nas redes sociais em que relatou ter sido vítima de ameaças.

Angelita era personal trainer e instrutora de dança. Para um veículo local, sua irmã, Suzana Alves Alcântara, de 42 anos, relatou que Angelita se mudou para Portugal em 2016 e se casou em 2018. Ela vivia na cidade de Matosinho, a cerca de 3h de Lisboa.

Conforme Suzana, antes de sumir, Angelita fez uma transmissão ao vivo pelas redes sociais dizendo que estava sendo ameaçada, mas que não tinha medo. Contudo, a live foi interrompida. “Minha sobrinha chegou a ligar para ela depois e contou que a Angelita estava muito nervosa, olhando para os lados e pedindo para ligar para o marido dela”, disse.

Após o evento, a mulher não foi mais vista. O corpo foi encontrado por um surfista. A família de Angelita chegou a entrar em contato com a polícia portuguesa, mas ainda não obteve informações sobre o caso.

Suzana adiantou que ainda não sabe se conseguirá trazer o corpo da irmã ao Brasil. A reportagem do Mais Goiás entrou em contato com o Itamaraty, mas ainda não obteve um retorno.