Do Mais Goiás

Mulher tenta contrabandear bebê dentro de pochete, nos EUA

A suspeita comprou o bebê da mãe da criança, que ela havia conhecido pela internet. O valor da compra do bebê ainda não foi divulgada

Mães consideram excludente novas exigências para matrículas em CMEIs de Goiânia
mail “Excludente”, caracterizam mães sobre reserva de vagas em CMEIs de Goiânia

Uma mulher de 43 anos foi presa em um aeroporto das Filipinas, Ásia, tentando contrabandear para os Estados Unidos (EUA) um recém-nascido, de apenas seis dias. Ela colocou o bebê dentro em uma pochete. A polícia local informou nesta quinta-feira (5) que Jennifer Talbot comprou o bebê da mãe da criança, que ela havia conhecido pela internet.

A criança ficou presa à cintura de Jennifer. A americana conseguiu passar pelos agentes de imigração, mas, no momento do embarque, um funcionário da empresa aérea notou que “havia algo errado” e chamou a polícia. Jennifer vai responder por tráfico humano, abuso de criança e sequestro.

Segundo a investigação, a mãe do bebê falou com Jennifer por um site, quando as duas negociaram a adoção informal da criança, que ainda estava na barriga da filipina. Jennifer viajou para Davao (Filipinas) no mês passado e ficou com Maricris até que ela desse à luz. O valor da compra do bebê ainda não foi divulgada.

Mulher foi presa tentando contrabandear bebê (Foto: Reprodução)

*Com informações do Metrópoles