Acidente fatal

Mulher morre após motocicleta ser atingida por caminhão a 140km/h, em Aragarças

Companheiro da vítima também estava na moto, mas não corre risco de morte. Teste do etilômetro não apontou teor alcoólico em motorista do caminhão


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 24/06/2019 às 17:19:41

Caminhão estava a 140 km/h no momento do acidente (Foto: Divulgação/PRF)
Caminhão estava a 140 km/h no momento do acidente (Foto: Divulgação/PRF)

Uma mulher de 30 anos de idade morreu na manhã desta segunda-feira (24) em um acidente na BR-158, próximo a Aragarças, município a 375 quilômetros de Goiânia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) um caminhão frigorífico em alta velocidade atingiu a motocicleta da vítima, que morreu no local. O companheiro da mulher também estava na moto.

O casal seguia para o município de Barra do Garças, quando o veículo, carregado com carne bovina, colidiu na traseira da motocicleta. De acordo com a PRF, o disco do tacógrafo apontou que o caminhão estava a 140km/h no momento do acidente.

(Foto: Divulgação/PRF)

“O condutor da motocicleta não possui habilitação e disse aos policiais que trabalha como lavrador em uma fazenda. Na delegacia de Aragarças, o motorista do caminhão e o motociclista prestaram depoimentos e fizeram o teste do etilômetro, que não indicou teor alcoólico em nenhum dos dois” esclareceu a PRF.

Desde a última quinta-feira (20) até domingo (23) a PRF registrou cerca de 900 infrações de trânsito e 19 condutores de motocicletas foram flagrados sem habilitação.