Violência

Mulher mata companheiro com golpe de canivete em Aparecida

Segundo PC, relação era conturbada e crime teria ocorrido porque vítima supostamente estava na "farra". Para testemunha, a arma estava escondida na toalha que a suspeita usava


Eduardo Pinheiro
Do Mais Goiás | Em: 27/12/2019 às 09:00:14

Homem é morto a golpes de canivete pela mulher em Aparecida (Foto: Reprodução)
Homem é morto a golpes de canivete pela mulher em Aparecida (Foto: Reprodução)

Um homem foi morto pela companheira na tarde da quinta-feira (26), no Jardim Boa Esperança, em Aparecida de Goiânia. De acordo com informações da Polícia Civil, Vannubya Pinheiro Arcanjo, de 26 anos, teria matado Diego Veiga Silva, 27, com um canivete.

Um amigo da vítima, afirma ter testemunhado o crime, disse à polícia que o jovem pediu carona para casa, após beber uma cerveja em uma distribuidora. Chegando ao local, eles encontraram as roupas da vítima em chamas no quintal. “Olha só o que essa mulher faz comigo”, teria dito Diego ao amigo.

Ainda de acordo com o relato do amigo, Vannubya estava deitada no sofá, enrolada em um toalha. Aparentemente ela havia acabado de tomar banho. Quando viu o rapaz chegando, começou a brigar com ele, dizendo que ele estaria na “farra”. Ela sacou o canivete que estava escondido na toalha e enfiou no peito da vítima, que acabou morrendo no local.

A filha dele, de 9 anos, também acabou testemunhando o crime.

Outra versão

Vannubya, no entanto, negou que estaria com um canivete enrolado na toalha. Segundo a versão apresentada por ela à polícia, o casal começou a brigar e Diego tentou bater nela. Ela pegou um canivete que estava em cima da mesa e tentou esfaqueá-lo. A suspeita disse que queria atingir o braço do rapaz. 

Ao testemunhar o crime, o amigo de Diego fugiu do local e chamou a polícia. Chegando na residência, os policiais encontraram a mulher debruçada sobre o corpo dizendo que se arrependia. 

Ela foi encaminhada para o 4º DP de Aparecida de Goiânia e deve passar por audiência de custódia ainda nesta sexta-feira (27).