TOCANTINS

Mulher grávida de gêmeas morre por complicações da Covid-19

Bebês também não resistiram


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 30/08/2020 às 09:15:52

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A psicóloga Julliane Ferreira Aguiar, de 29 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira (28) em Araguaína, a 385 quilômetros de Palmas, vítima do Covid-19.

Segundo informações do G1/TO, Julliane estava no sexto mês de gravidez de gêmeas e por causa da piora no quadro clínico da Covid-19 teve que antecipar o parto. As duas meninas também não resistiram.

A psicóloga estava internada desde o último domingo (23), no Hospital Dom Orione em Araguaína.

Ela seria mãe pela primeira vez e passou por uma cesariana para retirar as crianças. Uma das meninas morreu logo após a cirurgia e a outra nesta quinta-feira (27).

Após a cirurgia, ela precisou ser transferida para a UTI, mas sofreu duas paradas cardíacas e teve os rins e pulmões comprometidos pelo coronavírus.

O corpo da psicóloga foi levado para Arapoema, onde vivem os parentes da mulher, no fim da manhã desta sexta-feira (28). O sepultamento aconteceu por volta das 13h. Os corpos das duas bebês também foram enterrados na cidade.

Em entrevista ao G1, o primo da psicóloga, Lucas Ferreira Salazar, diz que toda a família tenta superar a morte das três.

“A gente está com o coração rasgado, porque é uma dor que não passa. A falta dela não vai ser reparada”, lamentou.

(Com informações do G1)