Sequestro

Mulher é sequestrada após dar carona para quatro homens em Águas Lindas de Goiás

A vítima tentou fugir do carro quando percebeu que era um sequestro, mas os homens conseguiram capturá-la de volta


Laylla Alves
Do Mais Goiás | Em: 02/02/2020 às 17:38:02

(Foto: Sindicato dos Bancários de Santos e Região)
(Foto: Sindicato dos Bancários de Santos e Região)

Na madrugada deste sábado (1º), uma mulher foi mantida em cárcere privado por quatro homens no município de Alexânia, em Goiás, após dar carona a eles. Ela os conheceu na mesma noite, em um bar no setor Águas Lindas II, no município de Águas Lindas de Goiás.

Os sequestradores disseram à vítima que moravam nas proximidades, por isso ela deu-lhes carona. Em seguida, o tom da conversa mudou e eles teriam dito que ela iria onde eles quisessem. Assustada, a mulher tentou fugir do carro, mas não conseguiu.

Segundo a Polícia Militar (PM), os sequestradores pegaram estrada para a cidade de Samambaia, no Distrito Federal, onde passaram a noite usando um pó branco, que parecia com cocaína e ingerindo bebidas alcoólicas. A mulher foi obrigada a fazer o uso destas substâncias com eles.

Na manhã seguinte pegaram estrada sentido Goiânia, vindo até a cidade de Alexânia.

De acordo com a corporação, eles foram na casa de um familiar de um dos sequestradores, e depois passaram em um mercado e distribuidora. Neste momento compraram mais bebidas alcoólicas e pegaram estrada até chegar no Lago Corumbá.

Por lá, com bastante medo, a vítima aproveitou para fugir e encontrou uma guarita onde acionou a PM. Quando a corporação chegou no no local, a mulher indicou onde estaria o veículo.

A polícia realizou diligencias nas proximidades do local indicado e encontrou três homens às margens do Lago Corumbá IV. O outro sequestrador foi encontrado escondido na mata, e estava com a chave do carro da mulher.

A mulher foi levada para o Hospital de Alexânia, onde foi realizado o exame de corpo e delito. Os suspeitos foram levados para a Delegacia da Polícia Civil (PC) em Águas Lindas de Goiás.