Limpeza profunda

Mulher é presa tentando entrar em presídio de Catalão com celular escondido em escova

Aparelho seria entregue ao irmão da suspeita, que cumpre pena por homicídio; caso é apurado pela direção do presídio


Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 13/09/2019 às 12:46:55

Celular estava escondido na parte da madeira da escova (Foto: Divulgação / DGAP)
Celular estava escondido na parte da madeira da escova (Foto: Divulgação / DGAP)

Uma mulher de 26 anos foi presa, nesta quinta-feira (12), após tentar entrar no presídio de Catalão com um celular escondido dentro de uma escova de lavar roupas. Segundo nota enviada pela Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), a “escova” seria entregue para o irmão dela, um dos detentos que cumpre pena por homicídio.

Numa tentativa de fazer com que o celular passasse pela revista e, assim, entrasse no presídio, a mulher fez um buraco na escova de madeira, colocou o celular no espaço e, em seguida, fechou. O aparelho só foi encontrado através de um detector de metais durante revista de produtos entregues por parentes para os detentos da Unidade Prisional.

A suspeita foi presa em flagrante e encaminhada à delegacia de Polícia Civil (PC) de Catalão. A direção do presídio abriu procedimentos administrativos internos para apurar o fato. O material foi apreendido e entregue à PC.

(Foto: Divulgação / DGAP)

(Foto: Divulgação / DGAP)

(Foto: Divulgação / DGAP)

(Foto: Divulgação / DGAP)

(Foto: Divulgação / DGAP)

(Foto: Divulgação / DGAP)

*Thaynara Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira