Tráfico de drogas

Mulher é presa tentando entrar com maconha nas partes íntimas na Unidade Prisional de Goianésia

Suspeita afirmou que foi aliciada por detentos que ameaçavam o filho dela, que está detido no local


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 12/09/2019 às 19:00:01

(Foto: Divulgação / PC)
(Foto: Divulgação / PC)

Uma mulher foi presa depois de tentar entrar com 100 gramas de maconha nas partes íntimas na Unidade Prisional de Goianésia, a 178 km da capital. Sorrislândia Bezerra dos Santos, de 45 anos, levava a droga para o filho dela, que está detido na unidade.

De acordo com informações da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), a suspeita confessou que estava de posse da droga. Ela teria entregado os entorpecentes depois de ser informada que estava sob investigação da Polícia Civil (PC). Após a apreensão, os policiais foram até a residência de Sorrislândia, onde foram encontrados mais 200 gramas de maconha.

Na delegacia, ela afirmou que foi aliciada por detentos a entrar com drogas na unidade prisional para que fossem quitadas dívidas que o filho contraiu para poder sobreviver. A suspeita disse ainda que, depois disso, os presos passaram a ameaçar o filho, caso a mãe não continuasse a cometer o crime.

Sorrislândia foi autuada pelo crime de tráfico de drogas. Se condenada, pode pegar entre cinco e 15 anos de prisão.