Piracanjuba

Mulher é presa por atear fogo em residência e tentar envenenar marido e filhos

De acordo com o delegado Leylton Barros, responsável pelo caso, a suspeita confessou o crime em depoimento e afirmou que estava sob efeito de drogas e álcool

Cidades

Larissa Lopes
Do Mais Goiás | Em: 25/07/2019 às 18:38:22

Foto: Divulgação/PC
Foto: Divulgação/PC

Uma mulher de 38 anos foi presa preventivamente na tarde desta quinta-feira (25) em Piracanjuba, região central de Goiás. Ela teria tentado envenenar o ex-marido e os três filhos, que têm idades de cinco, doze e quinze anos. Além disso, M.S.N. planejava incendiar a residência onde eles estavam.

Segundo o delegado Leylton Barros, que está à frente do caso, a mulher confessou os crimes durante o depoimento. “Ela confirmou os fatos e disse que estava sob efeito de drogas e álcool”, diz.

O caso ocorreu há cerca de 15 dias. M. teria invadido a casa onde as vítimas moram e tentou quebrar todos os móveis. De acordo com a Polícia Civil (PC), ela ainda jogou comprimidos, de substância desconhecida até o momento, dentro da caixa d’água. “Segundo ela, serviria para envenená-los”, informou a corporação.

De acordo com o delegado, a mulher tentou incendiar o imóvel. “M. começou a queimar roupas dela e do ex-companheiro em um cômodo. As chamas começaram a ser alastrar”, diz. “O fogo tomaria conta da casa, mas o homem chegou e a conteve”, relata.

A PC instaurou inquérito e requereu medidas protetivas às vítimas. Nesta semana, diante das ameaças que a mulher voltou a fazer aos filhos e ao ex-marido, ela foi detida.

M.S.N responderá por crimes de ameaça, dano, injúria e incêndio doloso. De acordo com a PC, se condenada, ela pode ser penalizada com até oito anos de prisão.

*Larissa Lopes é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira