CRIME

Mulher é condenada por homicídio ocorrido em 2017, em Novo Brasil

Acusada conseguiu redução da pena após defesa alegar que vítima estava sob efeito de álcool e tentou forçar relações sexuais


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 23/11/2019 às 12:33:45

Acusada conseguiu conseguiu redução da pena após defesa alegar que vítima estava sob efeito de álcool e tentou forçar relações sexuais(Foto: Chris Ryan/iStock)
Acusada conseguiu conseguiu redução da pena após defesa alegar que vítima estava sob efeito de álcool e tentou forçar relações sexuais(Foto: Chris Ryan/iStock)

Uma mulher que matou o companheiro foi condenada por homicídio privilegiado pelo Tribunal do Júri de Fazenda Nova. Nilça Fernandes dos Reis matou Martim Nunes da Silva com uma facada. Ela conseguiu redução da pena e terá que cumprir oito anos e seis meses de reclusão, em regime inicialmente fechado. O crime ocorreu em dezembro de 2017, em Novo Brasil

Após desferir um golpe de faca na vítima, Nilça chegou a pedir ajuda, mas Martim não resistiu ao ferimento. O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) defendeu a condenação da acusada como homicídio qualificado por motivo fútil.

A defesa da acusada pediu pela diminuição de pena, pois o casal brigava constante e, nas alegações, a defesa relata que no dia do crime, a vítima estava sob efeito de álcool e provocou a mulher, tentando, inclusive, forçar relações sexuais.