Tentativa de feminicídio

Mulher é baleada pelo amante no Jardim Tiradentes, em Goiânia

Durante os disparos, um filho dela também foi baleado no abdômen. O suspeito acabou contido por outro filho e foi espancado por vizinhos e familiares


Kayque Juliano
Do Mais Goiás | Em: 22/05/2019 às 10:11:43

O caso será investigado pela Deam de Aparecida de Goiânia(Foto: Google Street View)
O caso será investigado pela Deam de Aparecida de Goiânia(Foto: Google Street View)

Uma mulher de 50 anos foi baleada pelo amante na noite desta terça-feira (22), no Jardim Tiradentes, em Aparecida de Goiânia. Segundo a Polícia Civil (PC), o homem também chegou a atirar contra o filho da mulher, que tentou protegê-la. O suspeito foi agredido por populares e preso pela Polícia Militar (PM).

De acordo com o registro da PM, Valdecy Pereira Vargas, de 50 anos, chegou na casa da mulher com a arma em punho e atirou três vezes contra Elizabeth Pereira Guimarães. O filho da mulher, Guilherme Guimarães dos Santos, de 27 anos, tentou conter o atirador e foi atingido no abdômen. Mesmo ferido, o jovem conseguiu lutar contra o suspeito.

Na sequência, outro filho de Elizabeth chegou e conseguiu imobilizar o homem. Indignados, vizinhos e familiares espancaram Valdecy. De acordo com a Polícia Civil (PC), o homem era casado, mas tinha um relacionamento extra-conjugal com a vítima. O tiroteio foi uma resposta dele à tentativa da mulher de colocar um fim na relação.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros atenderam os feridos. Mãe e filho, apesar dos ferimentos, foram levados conscientes para internações. A mulher foi levada ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde chegou estável e passará por cirurgia. O Samu não soube informar para onde Guilherme foi levado. O agressor, Valdecy, também foi encaminhado ao Hugo e já recebeu alta.

O caso foi registrado no 4º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia. Contudo, será encaminhado para a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam). O homem foi autuado por tentativa de feminicídio, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.A arma utilizada pelo suspeito, um revólver calibre 38, foi apreendida. Quatro munições foram deflagradas na ação, uma restou intacta.