Susto

Mulher é atingida por bala perdida no estacionamento do Shopping Flamboyant

Marido relata os momentos de desespero durante uma troca de tiros na área externa do estabelecimento




Era para ser uma noite de lazer, mas as últimas horas de segunda-feira (28) acabaram se tornando um momento de horror para uma bacharel de direito que fazia compras no Shopping Flamboyant, em Goiânia. Janete Maria Lamounier, de 50 anos, foi atingida por uma bala perdida no estacionamento do estabelecimento.

De acordo com o marido, o auditor fiscal Jânio Lúcio Lamounier Borges, Janete tinha decidido comprar um presente no shopping naquele dia. “Eu levei ela até lá e, enquanto ela comprava, fui abastecer o carro”, relata.

Pouco tempo depois, Jânio dirigia de volta ao shopping para buscar a esposa quando ela ligou. “Ela disse que tinha terminado e eu avisei que estava chegando. Pedi para ela esperar na parte de cima, entre o Flamboyant e o Tend Tudo. Quando cheguei lá, na hora que ela me viu, os tiros começaram”, conta.

O barulho dos disparos pareciam vir do lado de fora do shopping, da direção de um dos pontos de ônibus localizados na região. Foram quatro ou cinco tiros no total, o suficiente para criar uma situação de pânico. De repente, todos que estavam nas proximidades começaram a correr e quem estava no estacionamento do Flamboyant tentou se abrigar dentro do estabelecimento.

“Eu vi a minha esposa tentando correr, mas não conseguia, porque já tinha sido atingida”, afirma Jânio. “Meu impulso foi de sair do carro e ir ajudá-la, mas aí eu lembrei dos tiros. Olhei em volta e não vi ninguém armado, mas um rapaz já estava a levando para o shopping.”

Quando ele entrou, a esposa já estava sendo socorrida pela equipe brigadista, especializada em realizar os primeiros socorros. Janete havia sido atingida no tornozelo esquerdo e estava perdendo sangue. De lá, o casal foi encaminhado de ambulância ao Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG), onde ela permanece recebendo atendimento.

“Como foi ferida com um projétil, o risco de infecção é muito grande. Ela está tomando antibiótico e vai ser avaliada amanhã para ver se há a necessidade de cirurgia”, conta o auditor. De acordo com ele, o disparo causou graves danos a um dos ossos do pé de sua esposa e pode ser que seja preciso fazer um procedimento de reconstrução.

Após os fatos ocorridos, Jânio conta que ficou sabendo se tratar de uma tentativa de assalto cujo alvo era um policial à paisana que estava em um ponto de ônibus. A informação foi confirmada posteriormente pela administração do Shopping Flamboyant. “O alvo era um policial, que reagiu e trocou tiros com o assaltante. Uma mulher que se encontrava na área interna, próximo ao local, foi atingida no pé. A equipe de brigadistas do shopping prestou os primeiros socorros. Uma unidade de UTI móvel foi acionada na sequência para dar continuidade ao atendimento”, diz nota divulgada pela empresa.

Mesmo reconhecendo a assistência prestada pelo Flamboyant, Jânio critica a falta de cuidados com a parte externa do estabelecimento. “Acho que o shopping tem condições de fazer alguma coisa naquela área. Os pontos de ônibus, o espaço até o Tend Tudo, são todos escuros, todos propícios a assaltos”, diz. “Eles poderiam iluminar melhor aquela região, reforçar a segurança ou fazer um convênio com a polícia.”

Confira a íntegra da nota divulgada pelo Shopping Flamboyant nesta terça-feira (29) sobre o incidente:

Nota para a imprensa – Goiânia, 29 de novembro de 2016

Nesta segunda-feira, 28 de novembro, por volta das 22h, ocorreu uma tentativa de assalto na área externa do Flamboyant Shopping Center, próximo a escada de acesso à Tend Tudo. O alvo era um policial, que reagiu e trocou tiros com o assaltante. Uma mulher que se encontrava na área interna, próximo ao local, foi atingida no pé. A equipe de brigadistas do shopping prestou os primeiros socorros. Uma unidade de UTI móvel foi acionada na sequência para dar continuidade ao atendimento.