Cidades

Mulher é assaltada enquanto estacionava moto na frente de casa, em Aparecida de Goiânia

Dupla armada também estava em uma moto de cor escura. Revoltada com a situação, mulher reage e desfere capacitadas contra os bandidos; ninguém ficou ferido


Hugo Oliveira

Do Mais Goiás | Em: 26/06/2018 às 09:58:06


Ao perceberem jovem estacionando, bandidos a abordam e em seguida fogem com moto, celular e documentos da vítima (Foto: reprodução/Cãmera de segurança/whatsapp)
Ao perceberem jovem estacionando, bandidos a abordam e em seguida fogem com moto, celular e documentos da vítima (Foto: reprodução/Cãmera de segurança/whatsapp)

Dois assaltantes em uma moto de cor vermelha são procurados pela polícia por um roubo cometido por volta das 12h45 de segunda-feira (25) no Setor Cidade Vera Cruz, em Aparecida de Goiânia. Apesar de mostrarem um revólver para intimidar a vítima, a técnica-administrativa Jackelyne Nogueira, de 20 anos, a mulher desferiu capacitadas nos homens, que fugiram na sequência. O crime foi registrado por câmeras de segurança da rua. O veículo levado era uma Honda Biz, de cor prata e placa NGW-6635.

Além da moto, bandidos levaram um celular e a bolsa da vítima com documentos. O namorado, que divide a propriedade da moto, mas não quis ter o nome revelado, explica que a moça ficou revoltada. “Ela estava voltando de um curso e estava estacionando a moto quando foi abordada. Na filmagem, é possível ver que eles já chegam tomando a chave da mão dela, mas ela resiste e é empurrada. Não apoiamos essa atitude dela, é perigoso, mas felizmente eles fugiram sem atirar”.

O Mais Goiás teve acesso às imagens. Confira o vídeo a seguir:

Ele revelou ainda que a mãe da garota, que não foi identificada, perdeu uma outra motocicleta de mesmo modelo também enquanto estacionava na frente da casa. “Foi do mesmo jeito. Por isso que ela ficou revoltada. Estamos juntando dinheiro para mudarmos para um apartamento no fim do ano e agora teremos que gastar para adquirir outra moto porque não temos tanta esperança de recuperá-la”. O casal suspeita de pessoas envolvidas em práticas de desmanche de veículos no próprio bairro.

O caso foi registrado no 5° Distrito Policial de Aparecida de Goiânia, mas, até o momento, não há novidades sobre o andamento das buscas. O escrivão André Pinheiro afirma que, segundo a ocorrência, a moça não conseguiu observar características físicas dos assaltantes. “Como ela reforçou que não conseguiu notar nenhuma característica pela velocidade dos fatos – e porque eles também estavam de capacete -, vamos atrás das imagens de câmeras de segurança. A esperança é de que possamos identificar a placa, caso ela não seja clonada”.