Cira

MPGO, Sefaz, PC e Procuradoria Geral do Estado deflagram operação contra sonegação fiscal

Segundo o MPGO, os estabelecimentos alvos da ação tiveram R$ 274 milhões bloqueados pela Justiça. Está previsto o cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão


Thiago Burigato
Do Mais Goiás | Em: 28/11/2017 às 08:14:51

Comitê deflagrou Operação Reverso na manhã desta terça-feira (28). (Foto: MP-GO)
Comitê deflagrou Operação Reverso na manhã desta terça-feira (28). (Foto: MP-GO)

O Comitê Interinstitucional de Recuperação  de Ativos (Cira) deflagrou na manhã desta terça-feira (28) a Operação Reverso, contra estabelecimentos comerciais investigados por sonegação fiscal e crimes contra a ordem tributária. Está previsto o cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão.

O Cira, criado em setembro deste ano, é um grupo permanente de combate aos grandes sonegadores do fisco estadual e é formado por membros do Ministério Público de Goiás, Procuradoria Geral do Estado,  Secretaria da Fazenda e Polícia Civil.

Segundo o MPGO, os estabelecimentos alvos da ação tiveram R$ 274 milhões bloqueados pela Justiça. Participam da operação promotores de Justiça do Ministério Público de Goiás, procuradores do estado, delegados e agentes da Polícia Civil de Goiás e auditores da Secretaria da Fazenda de Goiás.

Maiores informações serão divulgadas no decorrer do dia.