Brasil

MPF apura vídeos que incentivam jovem a se mutilar

Os canais estimulam automutilação e suicídio. Os promotores acionaram o Google, empresa responsável pelo YouTube, onde os vídeos estão hospedados

Estadao Conteúdo | Postado em: 23/04/2017 às 12:17:19
MPF apura vídeos que incentivam jovem a se mutilar
Donos de canais investigados chegam a lucrar até R$ 20 mil mensais com publicidade


Compartilhe

Palavras Chave: Mutilar Vídeos MPF


Compartilhe