Francisco Costa
Do Mais Goiás

MP pede plano de urgência para contenção da Covid, em Aruanã

Ação civil pública ainda depende de decisão judicial

MP pede plano de urgência para contenção da Covid, em Aruanã
MP pede plano de urgência para contenção da Covid, em Aruanã

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) protocolou uma ação civil pública (ACP) para que o município de Aruanã apresente, em 24h, um plano de emergência para gerir a situação de disseminação do novo coronavírus (Covid-19), em decorrência de aglomerações observadas no feriado prolongado de 7 de setembro. “Afinal, trata-se de cidade turística que recebe inúmeros visitantes, sendo latente a possibilidade de colapsar o sistema público de saúde.” A ACP ainda depende de decisão judicial.

Segundo exposto pelo promotor de justiça substituto, Augusto Henrique Moreno Alves, foi verificado, em função do feriado, aglomerações em espaços públicos da cidade, principalmente na Praça Couto Magalhães, localizada no setor Central, em frente à sede da prefeitura. Na ação, ele também pediu o incremento do efetivo da Polícia Militar no município, principalmente, nos fins de semana e feriado.

Em resumo da ação enviada ao Mais Goiás, o Ministério Público argumenta que, quando o município adotou a ampla flexibilização das atividades, “desconsiderou a realidade local de grave acréscimo do número de contaminados”, sem realizar fiscalizações devidas. Além disso, segundo o texto, possibilitou a ida de turistas sem observar o distanciamento social recomendado.

Desta forma, a ACP pede ao prefeito Hermano de Carvalho a adoção de medidas para o enfrentamento da propagação do vírus, “visto que o aumento exponencial do número de casos incrementa o risco de a pandemia atingir significativamente o Município de Aruanã, notadamente em razão da situação verificada neste feriado”.

Segundo dados da Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO), deste domingo (6), Aruanã possui 84 casos confirmados e nenhum óbito. Conforme informado no último Censo (2010), a cidade possui 7.496 habitantes (IBGE).

Prefeitura de Aruanã

O Mais Goiás tentou contato pelo número informado no site da prefeitura, mas as ligações não foram atendidas. Caso seja de interesse comentar, o espaço permanece aberto.

Destaca-se que, no Facebook oficial da prefeitura de Aruanã, em 1º de setembro foi publicado um vídeo, que pede e recomenda os cuidados sanitários, como utilização de álcool em gel, lavar as mãos e, quando puder, ficar em casa. “As medidas para prevenir essa doença depende de cada um. (…) Se cada um fizer a sua parte, vamos atravessar esse período crítico sem que ninguém morra. (…) Não podemos mais negligenciar essa doença. Goiás está vivendo um momento crítico e Aruanã também. Não há vagas de UTI, as vagas para internação clínica já desapareceram. Na nossa cidade, temos visto um aumento significativo de casos. (…) Então pedimos um reforço no cuidado.”

A COVID-19 apresenta uma grande transmissibilidade, as medidas de prevenção e controle devem ser adotadas a todo momento. Precisamos contar com o auxílio da população para diminuir a curva em nossa cidade. ⁣⁣Nos colocamos à disposição para esclarecer qualquer dúvida que possam ter. #prefeituradearuana #unidoscontraocoronavírus

Posted by Prefeitura de Aruanã on Tuesday, September 1, 2020