Improbidade Administrativa

MP-GO apura uso de cores do PSDB em pinturas do Estádio Olímpico e Autódromo de Goiânia

Segundo promotora, se comprovado, o fato mostra que o dinheiro público foi utilizado para a promoção partido

Goiás



A promotora de Justiça Fabiana Lemes Zamalloa do Prado insaturou inquérito civil público para apurar a suposta utilização das cores do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) nas pinturas do Estádio Olímpico de Goiânia e do Autódromo Internacional de Goiânia como forma de promoção pessoal.

Segundo o inquérito, vistorias realizadas pela promotora e por oficiais de Promotoria constaram que ambos os locais foram pintados, adornados e decorados com as cores azul e amarelo, cores predominantes do PSDB. Se comprovado, o fato constitui violação aos princípios da moralidade e impessoalidade, já que, de acordo com a promotora, houve a utilização do dinheiro público para a promoção do PSDB, cujos filiados hoje administram o Estado de Goiás.

Fabiana ressalta que a afronta a esses princípios constitui ato de improbidade administrativa, que pode importar em suspensão de direitos políticos, perda da função pública, indisponibilidade de bens e ressarcimento ao erário. Assim, visando esclarecer os fatos, determinou a realização de vistoria pela Coordenação de Apoio Técnico Pericial (Catep) tanto no Estádio Olímpico quanto no autódromo, a fim de verificar se realmente foram pintados e decorados com as cores do partido.
autódromo
A magistrada requisitou também que o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas (Agetop), Jayme Rincón, encaminhe informações sobre os fatos narrados e as razões que determinaram a escolha das cores para pintura dos locais. (Com informações da Comunicação Social do MP-GO)