Licitação

MP deflagra operação em Formosa para apurar supostas fraudes em contratos licitatórios

Denominada Queronéia, investiga atos de improbidade administrativa em secretarias do município entre 2017 e 2018


Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 27/02/2019 às 14:28:41

Operação foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (27) (Foto: Divulgação/MPGO)
Operação foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (27) (Foto: Divulgação/MPGO)

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) deflagou, na manhã desta quarta-feira (27), a Operação Queronéia, em Formosa, no Entorno do Distrito Federal. A ação faz parte de um desdobramento da Operação Gaugalema, deflagrada no início do mês, que investiga fraudes em contratos de licitação de serviços em 2017 e 2018.

De acordo com o MP, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em residências do ex-presidente da Comissão de Licitações, do ex-gestor do Executivo e do ex-controlador interno. O órgão investiga supostos atos de improbidade administrativa a partir de contratos de pavimentação asfáltica que deveriam ter sido feitos pela Multi-X. A contratação teria levado a desvios de dinheiro público durante dois anos.

Estão à frente da operação os promotores Caroline Ianhez, Fernanda Balbinot e Douglas Chegury. Além do apoio dos promotores Bernardo Frayha e Frederico Machado e da Polícia Militar.