Do Mais Goiás

Mozilla não deve mais anunciar no Facebook

Fundação passou a considerar a plataforma antiética

Depois do co-fundador do WhatsApp dizer que é um bom momento para sair do Facebook, a Fundação Mozilla acabou de acatar a sugestão e não vai mais anunciar na plataforma.

A fundação, que é uma das maiores empresas de tecnologia do mundo e responsável pelo navegador Firefox, é conhecida por defender o software livre no mundo e a proposta otimista da tecnologia como uma ferramenta da democracia.

Em comunicado publicado em sua página oficial, a fundação reconhece que o Facebook de fato está tomando medidas para evitar que escândalos e violações de privacidade se repitam, mas que agora é tarde demais: não devia ter acontecido da primeira vez.

Mas a rede de Zuckerberg terá uma segunda chance: se e somente se a Mozilla for convencida de que as restrições e medidas adotadas pela rede social são confiáveis e eficientes. Até lá, eles não vão mais investir em publicidade pela plataforma.