Homicídio

Motorista mata mulher atropelada na Vila Mauá, tenta fugir e é preso

Condutor estava embriagado e se recusou a fazer o teste do bafômetro




Uma mulher que não foi identificada pela Polícia Militar (PM) morreu na madrugada desde domingo (16) ao ser atingida por um Toyota Corolla branco na Avenida das Bandeiras, na Vila Mauá, em Goiânia. O motorista, Marco Aurélio Machado Malta, de 28 anos, teria fugido do local do crime e desobedecido ordem de parar da equipe da PM.

O suspeito do homicídio tentou fugir pela Avenida Milão, no Residencial Celina Parque, próximo ao local do acidente, mas foi parado por policiais. De acordo com a PM, Marco Aurélio se negou a fazer o teste do bafômetro. No Instituto Médico Legal (IML) foi constatada a embriaguez do motorista que teria atropelado a mulher e omitido socorro.

A vítima teria sido arremessada a uma distância de aproximadamente 40 metros com o impacto do carro em seu corpo. A força da batida foi tão grande que a lateral direita da frente do veículo afundou e o parabrisas ficou danificado.

De acordo com os policiais, o condutor foi encaminhado à Polícia Civil e detido por embriaguez ao volante, homicídio doloso, omissão de socorro, tentativa de fuga e excesso de velocidade.