Tráfico de drogas

Motorista de aplicativo é preso transportando 40 kg de maconha, em Rio Verde

Segundo a PRF, o entorpecente era transportado no interior de uma mala e de uma sacola de compras; maconha tinha Goiânia como destino

Cidades

Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 12/12/2019 às 10:24:35

Carro havia sido carregado em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Pelo transporte da maconha, o motorista receberia R$ 6 mil (Foto: Divulgação / PRF)
Carro havia sido carregado em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Pelo transporte da maconha, o motorista receberia R$ 6 mil (Foto: Divulgação / PRF)

Um motorista de aplicativo foi preso, na madrugada desta quinta-feira (12), após ser flagrado transportando 40 quilos de maconha no interior de um carro de passeio, na BR-060, em Rio Verde, região Sudoeste de Goiás. A carga havia sido adquirida em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e tinha como destino Goiânia. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O veículo, GM Celta, era conduzido por um homem, de 40 anos, acompanhado de sua namorada, de 39 anos. A carga foi encontrada durante abordagem de rotina na Unidade Operacional da corporação. No porta-malas, os policiais encontraram dezenas de tabletes de maconha no interior de uma mala e em uma sacola de compras.

À equipe, o condutor afirmou que esta foi a primeira vez que ele transportou droga em seu veículo e que receberia R$ 6 mil para entregar a carga a um desconhecido, nas proximidades do Terminal Rodoviário de Goiânia. Diante dos fatos, o motorista foi preso por tráfico de drogas e encaminhado, juntamente com a namorada e o veículo, à Central de Flagrantes de Rio Verde.

O Mais Goiás tentou contato com a Delegacia de Rio Verde através de ligação, às 9h30 desta quinta-feira (12), mas nossas chamadas não foram atendidas.

*Thaynara da Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira