Luto na PM

Morre policial militar que foi baleado em frente a boate no Setor Marista

O soldado Pedro Henrique não resistiu aos ferimentos e morreu no final da noite de ontem





//

Morreu no final da noite desta terça-feira (07/04), o policial militar Pedro Henrique Rodrigues Teodoro, de 28 anos, que fazia parte do Giro (Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva). Ele foi baleado na madrugada do último sábado em frente a boate Lyquid, no Setor Marista, em Goiânia.

Pedro Henrique estava na porta da boate quando dois homens foram barrados pelos seguranças do local. Revoltados, os homens foram até o carro e voltaram armados. Eles efetuaram vários disparos contra as pessoas que estavam na porta da boate.

O soldado Pedro Henrique, que estava à paisana, sacou a arma e atirou contra os suspeitos para defender os frequentadores do local.

Durante a troca de tiros, ele consegui atingir um dos homens, mas também foi baleado. Ele foi encaminhado ao Hugo e no final da noite de ontem ele veio a óbito.

Segue nota da PM:

“Nota de Falecimento

É com grande pesar que a Polícia Militar do Estado de Goiás comunica o falecimento do SD. Pedro Henrique Rodrigues Teodoro, pertencente ao GIRO – GRUPO DE INTERVENÇÃO RÁPIDA E OSTENSIVA.”

Tópicos