EM CHAPECÓ

Morre o empresário Mário Lanznaster, presidente da Aurora Alimentos

Lanznaster estava à frente da empresa desde 2007, onde trabalhou até o último dia 11


FolhaPress
FolhaPress
Do FolhaPress | Em: 18/10/2020 às 16:46:17

Mário Lanznaster, presidente da Aurora Alimentos (Foto: Divulgação)
Mário Lanznaster, presidente da Aurora Alimentos (Foto: Divulgação)

Morreu na manhã deste domingo (18), em Chapecó (SC), o empresário Mário Lanznaster, 80, presidente da Aurora Alimentos, terceiro maior conglomerado agroindustrial brasileiro do setor da carne.

Lanznaster enfrentava desde 2018 um tumor no fígado. Segundo comunicado da empresa, ele trabalhou até o último dia 11, quando foi internado.

O empresário estava à frente da Aurora desde 2007 e atuava na área da suinocultura havia 40 anos.

Além de presidir a Aurora, Lanznaster era também vice-presidente para Assuntos Estratégicos da Federação das Indústrias de Santa Catarina.“Lanznaster nos deixa o exemplo da dedicação ao trabalho, liderou com bravura o empreendimento cooperativo que administrou, colocando-o entre os maiores conglomerados do setor alimentício brasileiro”, afirmou o presidente da federação, Mario Cezar de Aguiar.

O empresário era graduado em agronomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e em engenharia de segurança do trabalho pela Universidade Federal de Santa Catarina.

De acordo com a empresa, o executivo também presidiu a Cooperativa Agroindustrial Alfa, de 1997 a 2009. Em 2002, assumiu a vice-presidência da Cooperativa Central Aurora e, em 2007, a presidência. Por dois anos, de 2007 a 2009, exerceu simultaneamente as presidências da Aurora e da Alfa.

Ele nasceu em 30 de junho de 1940, no município de Presidente Getúlio (SC). Foi extensionista rural em 1968 nos municípios de Modelo e Chapecó. Em 1974, trabalhou como assessor técnico na Coopercentral, quando iniciou a implantação do programa de fomento à suinocultura, conhecido hoje como Suicooper.

“Nos 13 anos em que comandou a Aurora Alimentos, Mário Lanznaster implementou um poderoso programa de investimentos na estrutura industrial e na produção pecuária, consolidando um colosso cooperativista-empresarial-industrial que emprega diretamente mais de 34 mil trabalhadores e processa 1 milhão de aves/dia, 25 mil suínos/dia e 1,5 milhão de litros de leite/dia, com receita operacional bruta superior a R$ 12 bilhões por ano”, disse a empresa em comunicado.

Lanznaster deixou mulher, quatro filhos e seis netos.