Crime passional

Morre no Hugo homem que matou mulher em shopping

O crime aconteceu na praça alimentação do centro de compras.





//

Morreu na madrugada deste sábado (30/05) o homem que matou a própria mulher na praça de alimentação do Buriti Shopping, na Avenida Rio Verde, em Aparecida de Goiânia, durante a noite desta sexta-feira (29/05).

Segundo o Corpo de Bombeiros, Juliana Paiva Martins foi atingida com disparos na cabeça. Ewerton Duarte Caldas tentou se matar em seguida. Ele foi socorrido e encaminhado em estado grave para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), mas não resistiu e morreu durante a madrugada.

O homem era servidor da Guarda Municipal de Goiânia. Segundo a corporação, a arma usada no crime foi adquirida recentemente. Ele estava afastado do trabalho, mas teria retornado há cerca de 20 dias no serviço administrativo.

Em nota, a assessoria de imprensa do Buriti Shopping disse que lamenta o ocorrido e que logo após o crime, o centro de compras foi isolado para o trabalho da Polícia Civil, que está investigando o caso. O comunicado informou ainda que prestará todo o suporte necessário para a família das vítimas.

A Polícia Civil de Aparecida de Goiânia investiga o caso.