Meteoro da paixão

Moradores de Goiás e do DF relatam que viram meteoro; astrônomo acalma população

Professor de astronomia diz que fenômeno "não tem relação alguma com extraterrestre". Várias pessoas filmaram e fotografaram meteoro


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 18/04/2019 às 15:51:29

Meteoro é registrado em Goiás (Foto: Divulgação/Bramon)
Meteoro é registrado em Goiás (Foto: Divulgação/Bramon)

Na noite da última quarta-feira (17) vários moradores de Goiás e Distrito Federal relataram terem visto um meteoro. O fenômeno foi fotografado e filmado por várias pessoas. Um dos vídeos mostra o clarão durante a procissão do fogaréu na Cidade de Goiás, município a 144 quilômetros de Goiânia.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Mais Goiás (@maisgoias) em

O professor de astronomia do planetário de Goiânia, Rafael Miloni Santucci, explicou que o meteoro é um pequeno fragmento de rocha, menor que 10m de diâmetro, e que ainda não se sabe onde caiu.

“Passamos as imagens para o Brazilian Meteor Observation Network (Bramon), organização responsável por monitorar esse tipo de fenômeno. A organização está tentando conseguir filmagens de outras câmeras, para saberem mais sobre a velocidade, altura e direção”.

Santucci afirma que é comum que os meteoros se desfaçam antes de atingir o solo. “Geralmente vemos o fenômeno de madrugada, de dez a vinte vezes por hora. Mas é raro que seja tão brilhante quanto dessa vez”, diz o astrônomo. O professor explica que não há motivos para preocupação e que “não tem relação alguma com extraterrestre”.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Mais Goiás (@maisgoias) em

O diretor técnico da Bramon, Marcelo Zurita, calcula que o meteoro passou a cerca de 430 quilômetros de Brasília e explica que ocorrências de meteoros são comuns nesta época do ano. “Pelo que conseguimos estimar, o fenômeno ocorreu no oeste de Goiás e foi visto principalmente em Goiânia e Brasília por serem regiões mais habitadas”, disse Zurita.

Quem ver um meteoro pode relatar o ocorrido no site da Bramon. Basta preencher um formulário contando como foi, o local e anexar fotos ou vídeos.