SECA

Moradores de Alexânia reclamam que estão sem água desde domingo (3)

Saneago afirma que enchente danificou equipamentos de captação de água


Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 07/01/2021 às 09:23:19

Moradores de Alexânia reclamam que estão sem água desde domingo (3) (Foto: Reprodução)
Moradores de Alexânia reclamam que estão sem água desde domingo (3) (Foto: Reprodução)

Cerca de 200 moradores de Alexânia, cidade que fica a 118 quilômetros de Goiânia, sofrem com a falta de abastecimento de água desde o último domingo (3). As torneiras secas também atingem alguns comércios que ficam na região Central da cidade e, com isso, eles amargam prejuízos.

“Está faltando água constantemente e a gente sofre, porque aqui é a parte mais alta da cidade e aonde chega a água por último. Às vezes, depois que ele normaliza, vai cerca de mais um dia para chegar nas caixas [de água]”, afirma o aposentado João Anafrain Dutra.

Dona de uma padaria, Marlene Caetano Lacerda conta que o jeito foi improvisar. Ela juntou água da chuva para fazer a limpeza do local. Porém, o estoque está acabando. Segundo ela, a situação é recorrente e que, no mês passado, teve que dispensar os funcionários após passar seis dias sem um gota de água na torneira.

“Não tem como produzir como eu produzo sempre. Hoje era dia de assar mercadoria, mas não tem como. Não tem como eu lavar as louças, não tem como eu lavar a batedeira toda hora. É impossível trabalhar.

O atendente Everton Rodrigues conta que também dispensou funcionários pois sem a água não dá para manter o estabelecimento funcionando. Ele afirma que, até o momento, o prejuízo já passa dos R$ 2 mil.

“Para vocês terem ideia, a nossa máquina de açaí e de sorvete teve esse prejuízo. A gente tá funcionando nesse momento pois os donos buscaram água na roça, mas, se não normalizar, o jeito é dispensar todo o pessoal e fechar as portas”, ressalta.

Por meio de nota, a Saneago disse que o sistema de abastecimento já voltou a normalidade e que o passa pela fase de recuperação gradual. “A Companhia solicita a compreensão dos clientes e o consumo consciente das reservas nas caixas d’água, contribuindo para agilidade na normalização total do abastecimento, incluindo a parte alta da cidade e os bairros mais afastados da Estação de Tratamento de Água”, diz o texto.

A companhia afirma que o problema foi causado por uma enchente que ocorreu na último domingo e que danificou a adutora de água bruta e equipamentos de captação. ” Na segunda-feira (4), foi instalada uma bomba provisória, permitindo que o abastecimento ocorresse parcialmente. Desde então, foi montada uma força-tarefa para avaliação, recuperação e troca dos equipamentos. Todos os serviços de manutenção foram concluídos ainda na tarde de ontem (6). Além disso, um caminhão-pipa também reforçou o abastecimento, fornecendo água para unidades de saúde, educação e sistema prisional, entre outros”, finaliza.

*Com informações da TV Anhanguera