Do Mais Goiás

Morador do prédio que desabou em Fortaleza manda selfie para familiares

O jovem é estudante de arquitetura e, de acordo com um primo, passa bem

Morador do prédio que desabou em Fortaleza manda selfie para familiares
Morador do prédio que desabou em Fortaleza manda selfie para familiares

Um morador do primeiro andar do edifício Andréa, que desabou na manhã desta terça-feira (15), em Fortaleza (CE), enviou uma selfie sob escombros no grupo da família no aplicativo WhatsApp. O rapaz é o estudante de arquitetura David Sampaio e foi a oitava pessoa a ser resgatada.

De acordo com o G1 do Ceará, não foram passadas informações sobre o estado de saúde do estudante. Contudo, o primo do jovem, Albertine Felipe, contou que David está bem e com ferimentos leves. “Ele foi logo me falando que ele ‘tava’ [sic] bem que só tinha sofrido arranhões”, disse em entrevista.

Após o resgate, o jovem foi encaminhado a um hospital particular em Fortaleza. Até o momento, foi confirmada uma morte. Segundo o Corpo de Bombeiros, até as 16h46 já foram resgatas nove pessoas.

O entorno do prédio recebe refletores para dar continuidade ao trabalho de resgate. A corporação afirma que a operação ocorrerá sem interrupção durante a madrugada.

O grupo Fortaleza Solidária pede doações que serão distribuídas às 13 famílias do prédio que desabou. Para saber como doar, acesse o site da instituição: www.fortalezasolidaria.org.br. Podem ser doados alimentos não perecíveis, vestuário, itens de higiene pessoal, toalhas e lençóis.

NOMES DOS FERIDOS IDENTIFICADOS:

1) Fernando Marques, de 20 anos

2) Antônia Peixoto Coelho, de 72 anos

3) Cleide Maria da Cruz Carvalho, de 60 anos

4) David Sampaio, estudante de 22 anos; sofreu escoriações

5) Gilson Gomes, 53 anos, resgatado de um pequeno comércio ao lado do prédio

6) Antônio Gildásio, 55 anos

Total: 20 vítimas do desabamento, segundo o Corpo de Bombeiros

*Com informações do G1 Ceará