Da Redação
Do Mais Goiás

Monomotor com vacinas contra covid erra curva e quase bate em avião da Gol

Incidente teria ocorrido após erro no piloto automático do monomotor

Um monomotor que transportava vacinas contra Covid-19 fez curva errada, entrou em rota de colisão e quase bateu contra avião da Gol. (Foto: divulgação/Governo do Paraná)

Um monomotor do Governo do Paraná que transportava vacinas contra Covid-19 fez curva errada, entrou em rota de colisão com um avião da Gol e quase bateu contra a aeronave. O caso ocorreu na última terça-feira (19) e será investigado. Apesar do susto, ninguém ficou ferido. Conforme informações repassadas pelo governo paranaense, a aeronave com as doses saiu de Curitiba e tinha como destino a cidade de Londrina. O voo da Gol, por sua vez, saiu de Cumbica, em Guarulhos, em São Paulo.

O erro teria partido do piloto automático do monomotor. Ainda segundo o governo estadual, a tripulação demorou alguns minutos, mas conseguiu desligar o dispositivo para assumir o controle. Para o governo, o caso é tratado como “incidente”.

Por áudio do controle de tráfego aéreo, a controladora orientou os pilotos do avião da Gol a “subir ou descer na rota”, para não se aproximar e evitar a colisão com o monomotor. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), da FAB, coleta dados do caso para investigar o que pode ter ocorrido no piloto automático do jato estadual.

Em nota ao G1, a Gol disse que teve de fazer um novo procedimento de pouso durante a aproximação ao aeroporto Afonso Pena, em Curitiba. “A mudança foi necessária por solicitação do controle de tráfego aéreo do destino para procedimento de segurança, sem qualquer anormalidade no voo. Reforçamos que a Companhia está sempre atenta à Segurança, nosso valor número 1″, diz o texto.

*Com informações do G1.