Saúde

Ministro da Saúde anuncia repasse anual de R$ 92 milhões para Hugol

Ministro garante repasse de R$ 96 milhões para 2016. Funcionamento do hospital vai custar R$ 15 milhões por mês





//

Durante a inauguração do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) na manhã desta segunda-feira (6), o ministro das Saúde, Arthur Chioro, anunciou que o governo federal repassará anualmente ao estado de Goiás o total de R$ 92 milhões para custeio do hospital goiano, a partir de 2016.

Neste ano, o Ministério da Saúde garantiu investimento de R$ 32 milhões para o funcionamento do Hugol. O funcionamento da unidade custará R$ 15 milhões mensais.

“O governo federal, e essa foi uma clara determinação da presidenta Dilma Rousseff, não poderia deixar de participar deste esforço de melhorar o Sistema Único de Saúde (SUS) aqui no Estado de Goiás. É um hospital muito bem construído, muito bem equipado, está sendo implantando com toda integração com as demais prefeituras, e vai melhorar muito o atendimento não apenas na cidade de Goiânia, mas em todo o Estado”, garantiu o ministro.

Chioro afirmou que o investimento se trata de “uma obrigação do Ministério da Saúde, mesmo em momento difíceis que nossa economia passa, participar junto do governo de Goiás da inauguração desse equipamento, que é um marco. É um marco, porque tem qualidade, porque vai prestar uma serviço humanizado, vai atender em rede e, acima de tudo, vai salvar muitas vidas”.

O ministro explicou que os R$ 32 milhões serão repassados neste ano e que, a partir do fim do ano, com o hospital em pleno funcionamento, para o ano que vem, o governo federal encaminhará R$ 92 milhões por ano para, junto ao governo de Goiás, garantir que a unidade em funcionamento.

“O que estou anunciando aqui não é nenhum privilégio para Goiás. Na verdade, é um Estado que fez a lição de casa, cumpriu a sua tarefa, apresentou o projeto e, após estudos, os governos de Goiás e federal chegaram ao consenso de um valor de custeio mensal para o hospital extremamente importante”, afirmou o ministro anteriormente em discurso.

O governador Marconi Perillo agradeceu a parceria do governo federal. “Mais do que a visita do ministro, ele traz a ajuda para o custeio do hospital. Uma ajuda muito importante para este ano, no valor de R$ 32 milhões, e já anunciou a coparticipação do governo federal a partir do ano que vem. Isso tudo nos impulsiona a avançar mais na viabilização de outros hospitais. Com essa ajuda dele, nós poderemos investir em outros hospitais, como o de Uruaçu, Santo Antônio do Descoberto, Águas Lindas e Valparaíso. Além dos avanços em relação aos AMEs e Credec”, disse Marconi.

Tópicos