Cidades

Ministério Público pede interdição imediata de presídio em Formosa e transferência de 218 presos

Promotor entende que situação dos detentos é impossível ser mantida para cumprir a pena; ele fala em degradação humana e violação dos direitos humanos: comparação às masmorras medievais
Com informações do MP-GO | Postado em: 22/01/2018 às 19:05:29
Ministério Público pede interdição imediata de presídio em Formosa e transferência de 218 presos
(Fotos: Promotorias de Formosa)


Compartilhe



Compartilhe