Coronavírus

Ministério da Saúde avalia se tripulantes precisam passar por quarentena

Equipe médica avaliará caso a caso e liberação da equipe será gradativa


Eduardo Pinheiro
Do Mais Goiás | Em: 08/02/2020 às 20:46:32

Alojamentos para repatriados da China contam quartos, banheiros e brinquedoteca (Foto: Reprodução / SES)
Alojamentos para repatriados da China contam quartos, banheiros e brinquedoteca (Foto: Reprodução / SES)

O Ministério da Saúde vai avaliar se haverá necessidade de quarentena para tripulação e equipe que foi buscar brasileiros repatriados na China. A equipe médica irá avaliar caso a caso, de acordo com grau de contato. Se for necessário, os tripulantes poderão ficar nas dependências da Base Aérea de Anápolis.

De acordo com o diretor do departamento de imunização e doenças transmissíveis do Ministério da Saúde, os casos serão analisados um a um, de acordo com o nível de exposição. A partir dessa análise, os membros da equipe serão liberados gradativamente.

A equipe que viajou até a cidade chinesa de Wuhan é composta por 16 tripulantes, oito em cada avião da Força Aérea Brasileira (FAB), 14 médicos e dois jornalistas.

As duas aeronaves VC-2 (Embraer 190) da FAB tem previsão inicial para pouso na Ala 2 para 3h da manhã de domingo (9). Os aviões trazem os repatriados brasileiros que estavam na China e vão passar por quarentena de 18 dias no hotel de trânsito da Base Aérea de Anápolis até que o risco de contaminação por coronavírus seja descartado.