Dor

‘Meu cérebro se recusa a aceitar’, diz viúva de Kobe sobre luto

Vanessa Bryant também demonstrou sua inconformidade com a morte da filha de 13 anos, Gianna


FolhaPress
FolhaPress
Do FolhaPress | Em: 11/02/2020 às 15:03:34


Vanessa Bryant, viúva do astro do basquete Kobe Bryant, publicou na noite de desta segunda (10) em sua conta no Instagram um desabafo sobre como esta lidando com a perda do marido e da filha Gianna, que morreram no mês passado após a queda do helicóptero em que estavam juntos com mais sete pessoas.

“Estive relutante em colocar meus sentimentos em palavras. Meu cérebro se recusa a aceitar que Kobe e Gigi se foram. Não consigo processar as duas coisas ao mesmo tempo. É como se eu estivesse tentando processar que Kobe se foi, mas meu corpo se recusa a aceitar que minha Gigi nunca mais voltará para mim”, escreveu Vanessa Bryant na legenda de um vídeo que mostra a filha sorrindo e jogando basquete.

View this post on Instagram

I’ve been reluctant to put my feelings into words. My brain refuses to accept that both Kobe and Gigi are gone. I can’t process both at the same time. It’s like I’m trying to process Kobe being gone but my body refuses to accept my Gigi will never come back to me. It feels wrong. Why should I be able to wake up another day when my baby girl isn’t being able to have that opportunity?! I’m so mad. She had so much life to live. Then I realize I need to be strong and be here for my 3 daughters. Mad I’m not with Kobe and Gigi but thankful I’m here with Natalia, Bianka and Capri. I know what I’m feeling is normal. It’s part of the grieving process. I just wanted to share in case there’s anyone out there that’s experienced a loss like this. God I wish they were here and this nightmare would be over. Praying for all of the victims of this horrible tragedy. Please continue to pray for all.

A post shared by Vanessa Bryant 🦋 (@vanessabryant) on

A viúva de Kobe também demonstrou sua inconformidade com a morte da filha de 13 anos e reconheceu que precisa ser forte para seguir a vida cuidando das outras três filhas que teve com o astro da NBA.

“Por que eu deveria acordar outro dia quando minha bebê não tem essa oportunidade? Estou muito mal. Ela tinha muito o que viver. Aí eu me dei conta de que eu preciso ser forte e estar aqui para minhas três filhas”, disse.

Vanessa ainda declarou que tudo o que está passando faz parte do processo de luto e que as pessoas continuem mandando forças para as famílias das vítimas do acidente que vitimou seu marido e filha.

“Sei que o que estou sentindo é normal, faz parte do processo de luto. Só queria compartilhar para o caso de mais alguém ter vivenciado uma perda como essa. Gostaria que eles estivessem aqui e que esse pesadelo terminasse”, afirmou.