Do Mais Goiás

Mesmo com vantagem, Barroca prega respeito ao Corinthians e prevê evolução da equipe nos próximos jogos

Antes do duelo pela Copa do Brasil, o Dragão entra em campo neste sábado (5), pelo Brasileiro, contra o São Paulo

Foto: Bruno Corsino/ACG

O Atlético venceu e convenceu diante do Corinthians, pela Copa do Brasil, porém apesar do 2 a 0 do jogo de ida, Eduardo Barroca sabe da força do rival e prega respeito pelo Timão, principalmente pela força da camisa da equipe paulista. Por isso, no jogo do próximo dia 9, no Antônio Accioly, o treinador quer o Atlético no limite técnico e físico para conseguir a vaga para as oitavas de final.

“Jogo de 180 minutos, foi só primeiro tempo e temos de entender quem é a equipe que está no doutro lado. Vamos precisar trabalhar no limite, concentração alta, jogo coletivo forte e a individualidade dos jogadores tem de aparecer para conseguirmos sair com uma classificação. temos de ter pés no chão, humildade”, disse Barroca.

Em relação a equipe, apesar de ter sido efetiva na parte defensiva e mortal no ataque, o comandante rubro-negro ressaltou que ainda vê espaço para crescimento e planeja ver a evolução no próximo duelo, pelo Campeonato Brasileiro, no sábado (5), diante do São Paulo, no estádio Antônio Accioly.

“Precisamos pegar esse jogo de hoje (Corinthians) e ver onde podemos crescer. A gente tem uma margem muito grande para melhor diante do que vejo dos jogadores. Espero que no sábado (5) possamos estar melhores em alguns pontos que percebi que podemos evoluir”, concluiu Eduardo Barroca.

Em relação ao time, já para o próximo duelo, o treinador terá pelo menos dois jogadores a disposição, os atacantes Janderson e André Luís, que ficaram de fora das partidas contra o Corinthians por força de contrato. Porém Barroca deve perder Ronald, com uma lesão no adutor da coxa esquerda. O jovem irá passar por exames de imagem para saber o grau da lesão.