Cidades

Menores feridos em incêndio em residência de Goiânia recebem alta do Hugol

Eles haviam sido internados após inalarem fumaça. A terceira criança que estava com eles, que não foi ferido


Larissa Lopes

Do Mais Goiás | Em: 24/06/2019 às 17:08:27


Foto: Leitor/Mais Goiás
Foto: Leitor/Mais Goiás

O adolescente de 14 anos, E.L.S., e o sobrinho dele, A. L. M. S, de dois anos, receberam alta do Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Eles estavam internados desde segunda-feira (17) após inalarem fumaça do incêndio que aconteceu na residência onde estavam, no Jardim Santo Antônio, região sul de Goiânia.

Os dois menores estavam na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da unidade de saúde. A criança de dois anos foi liberada na quinta-feira (20), enquanto o tio ganhou alta no sábado (22). No dia do incêndio havia um outro menino dentro da casa, que tem quatro anos de idade, mas ele não foi ferido e sofreu os efeitos da fumaça.

Eles estavam sob os cuidados da irmã do adolescente e tia das crianças, Sabrina Leão da Silva, de 19 anos. Entretanto, ela havia saído para fazer uma prova de autoescola e deixou os menores sozinhos em casa. A casa era iluminada por velas e um acidente provocou as chamas.

A moça foi presa em flagrante e autuada por abandono de incapaz. Contudo, a justiça concedeu liberdade provisória à ela na audiência de custódia.