HOMICÍDIO

Menor é apreendido suspeito de matar ex-presidiário por dívida de drogas de R$ 160

O suspeito confessou a autoria do crime e revelou aos policiais que a vítima estava “enrolando” para pagar a dívida. Jovem foi morto com 11 tiros


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 24/11/2020 às 23:27:55

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Um menor de 16 anos foi apreendido nesta terça-feira (24), suspeito de envolvimento no homicídio de um ex-presidiário em Anápolis, a cerca de 60 km da capital. De acordo com a Polícia Civil (PC), o crime foi cometido por causa de uma dívida de drogas no valor de R$ 160,00.

De acordo com informações da corporação, o crime foi cometido na madrugada do dia 27 de fevereiro. A vítima identificada como Guilherme havia saído do presídio há poucas semanas e estava em casa com o avô quando duas pessoas entraram no local e o executaram com 11 tiros na cabeça e no tórax.

As investigações levaram os policiais a dois adolescentes, um de 17 e um de 16 anos. O mais velho morreu em julho durante confronto com policiais militares. O mais novo  tinha um mandado de busca e apreensão em seu desfavor e era procurado pela PC desde então.

Durante o interrogatório, o menor assumiu a autoria do crime. Ele disse que a vítima devia R$ 160,00 por causa de drogas e estava “enrolando para pagar”. Junto com ele, foi encontrada a arma do crime, uma pistola calibre.38. Um exame pericial confirmou que trata-se da mesma arma utilizada para matar Guilherme.

O suspeito está recolhido no Centro de Atendimento Socioeducativo de Anápolis e aguarda julgamento.