Do Mais Goiás

Menor agredido após jogo do Vila Nova continua em estado grave

O adolescente foi espancado por torcedores de tima rival, que usaram um bastão de madeira. O jovem está sedado na UTI do Hugo

Na noite de sexta-feira (2), após o jogo do Vila Nova contra o time do Pará, Paysandu Sport Club, um grupo de torcedores do time goianiense foi agredido no Setor Nova Vila, em Goiânia. Um dos torcedores, o menor R.B.N.O., de 17 anos, foi golpeado com um bastão de madeira por um dos agressores.

O adolescente foi encaminhado ao Hospital Estadual de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo), e em nota encaminha pela instituição na tarde desta segunda-feira (05), o estado do paciente encontra-se gravíssimo. “Está sedado, intubado e internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI)“.

O irmão da vítima, que preferiu não se identificar, disse ao Mais Goiás, que o jovem “está se recuperando aos poucos e sua respiração voltando ao normal”. De acordo com ele, os agressores não eram do Paysandu, e sim do Goiás Esporte Clube.

A agressão

R.B.N.O. estava acompanhado de aproximadamente 20 torcedores, na Rua 257, Setor Nova Vila. Enquanto subiam a rua, foram perseguidos por um grupo de pessoas em três carros. Os ocupantes de um dos veículos desceram, correndo em direção aos torcedores.

Ao alcançarem o adolescente, deram golpes com um bastão de madeira na vítima, tendo o bastão se partido devido tamanha violência. As agressões cessaram no momento em que uma viatura da Polícia Ambiental (Patram), acionou os sinais sonoros e os agressores fugiram. A equipe prestou os primeiros socorros ao jovem no local, e o jovem foi levado à unidade de saúde.