FolhaPress

Menopausa pode afetar o couro cabeludo e a estrutura capilar; entenda

Segundo especialista, na menopausa, há um declínio hormonal que altera ciclo capilar e a estrutura do cabelo

Segundo especialista, na menopausa, há um declínio hormonal que altera ciclo capilar e a estrutura do cabelo. (Foto: Pixabay)

A menopausa é um período de muitas mudanças e transformações na vida de uma mulher. Geralmente, a brasileira entra na menopausa por volta dos 51 anos de idade. Mas esse processo pode ocorrer entre os 48 e 50 anos ou até mais tardiamente, aos 55. Se for precoce, chega por volta dos 40 anos.

A principal causa é fisiológica, ou seja, o estoque de óvulos da mulher se esgota, marcando o fim da menstruação e da fase de reprodução. O que muitas mulheres não sabem é que ela pode afetar até os cabelos e o couro cabeludo.

“Na menopausa, há um declínio hormonal que altera ciclo capilar e a estrutura do cabelo. Eles ficam mais ressecados, porosos e quebradiços. Os cabelos precisam de cuidados especiais nesta fase”, explica a tricologista Viviane Coutinho, para AnaMaria Digital.

Procure um especialista

Viviane afirma que é necessário unir o tratamento com um médico, muitas vezes, com reposições hormonais, terapêuticos específicos para o couro cabeludo e os fios para que se atinja a saúde capilar.

“O tratamento precisa ser com a parte clínica. É preciso avaliar esse nível de declínio. Se é indicado neste caso, uma reposição hormonal e cuidados para entregarem propriedades importantes para os cabelos“, explica.

Também é comum nesta etapa da vida que haja queda dos fios. Mas não precisa se desesperar, pois existe tratamento para isso. “A queda sendo tratada, ajustando clinicamente e terapeuticamente, poderá ser cessada.  Assim como ressecamento e outras características encontradas neste período”, finaliza.