Artur Dias
Do Mais Goiás

Médicos reclamam de atraso de salários e de assédio moral em Senador Canedo

Prefeitura afirmou que pagamentos estão sendo processados nesta quarta-feira (5)

Médicos da rede pública de saúde do município de Senador Canedo, na região metropolitana de Goiânia, reclamam de atrasos nos pagamentos dos salários. De acordo com denúncia recebida pelo Mais Goiás, alguns profissionais estão há quatro meses sem receber.

Segundo a denúncia, os atrasos são recorrentes e estão deixando os profissionais com dificuldades financeiras. “Muitos colegas estão no cheque especial, pagando juros de cartão de crédito, enquanto a prefeitura gasta muito dinheiro no Rodeio Show da cidade”, disse um profissional da rede que não quis se identificar por medo de represálias.

Além do problema no pagamento, os servidores reclamam também assédio moral. A prática, segundo eles, partiu do próprio prefeito, Divino Pereira Lemes, e da primeira-dama, Laudeni Lemes, por meio de conversas no whatsapp.

Nos prints é possível ver a primeira-dama dizendo que o grupo passariam por um “filtro ainda hoje” e que “os problemas podem ir para Trindade”. As declarações foram feitas após reclamações relacionadas ao atraso nos pagamentos feitas pelos servidores.

(Foto: Reprodução)

A assessoria do Sindicato dos Trabalhadores(as) do Sistema Único de Saúde no Estado de Goiás (Sindsaúde/GO), entidade representativa da categoria, afirmou que não recebeu denúncias de atrasos de salários dos servidores concursados. E que a falta de pagamento abrange apenas os médicos credenciados, que são contratados de forma terceirizada.

Resposta

Por meio de nota, a prefeitura de Senador Canedo informou que os pagamentos dos profissionais são processados de acordo com a comprovação de notas e da prestação de serviço, pois é um serviço terceirizado. A prefeitura afirmou, ainda, que normalmente as denúncias de assédio moral são realizadas junto ao Conselho Regional de Medicina do Estado de Goias (Cremego) e que atualmente não há registros nesse sentido.

Confira a nota na íntegra

“A Prefeitura de Senador Canedo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que os pagamentos dos profissionais médicos estão sendo processados, conforme comprovação e entrega de notas da prestação de serviço. Os profissionais são credenciados de forma terceirizada, como empresa jurídica, não recebem de forma contratual como demais servidores. Ou seja, os pagamentos são feitos após a execução das notas, que são passadas pelas cooperativas que fazem o contrato ou outra figura jurídica. Não há qualquer denúncia ou atitude irregular, tão pouco assédio moral junto aos médicos.”