INVESTIGAÇÃO

MEC diz ver indícios de sabotagem em sites do Prouni e Fies

Ministério da Educação procurou a Polícia Federal para investigar investigar se há algum tipo de atuação criminosa nos sistemas


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 08/08/2019 às 16:26:18

(Foto: Agência Brasil)
(Foto: Agência Brasil)

O MEC (Ministério da Educação) informou nesta quinta-feira (8) que percebeu “indícios de sabotagem” nos sistemas do Prouni (Programa Universidade para Todos) e do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) que geram instabilidade nos sites, o que levou a pasta a procurar a Polícia Federal (PF) para investigar se há algum tipo de atuação criminosa.

“Os serviços estão caindo, alguns deles de forma que a gente não consegue explicar apenas tecnicamente. Há indícios de sabotagem que nos levaram a chamar a Polícia Federal para verificar se há algo criminoso acontecendo aqui no MEC”, disse o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

O MEC, no entanto, não disse quais seriam esses indícios e nem apresentou provas das supostas sabotagens. “É claro que não posso falar [quais são os indícios]”, afirmou o secretário-executivo do MEC, Antonio Vogel. “A gente só está vindo a público porque são sistemas públicos e temos que prestar esclarecimentos à sociedade”.

O portal UOL procurou a PF, que informou que “não se pronuncia sobre eventuais investigações em andamento e nem confirma a existência ou não de investigações”.

Segundo Weintraub, os prazos do Prouni e do Fies serão estendidos pelo tempo que for necessário para compensar o prejuízo no acesso. O ministro, no entanto, não falou em datas. O MEC tampouco soube informar se há um prazo para o restabelecimento total dos sistemas.

Segundo o MEC, além do Prouni e do Fies, o Sistema Presença, que é utilizado como pré-requisito para o pagamento do Bolsa Família, também teve indisponibilidades que levaram a suspeitas de sabotagem.

No caso do Prouni e do Fies, de acordo com a pasta, os sistemas vêm passando por instabilidades “há algumas semanas”, com dificuldades de acesso esporádicas ao longo do dia. Já o Sistema Presença teria ficado completamente indisponível entre os dias 1º e 5 de agosto.

*Com informações do site UOL