Brasília

McDonald’s é condenada a indenizar consumidora por lanche com fungos

A autora da ação alegou que teve um gasto de R$ 1.150,35 com consultas, exames e medicamentos, por causa da intoxicação de sua filha





//

O McDonald’s foi condenada pelo 4º Juizado Especial Cível de Brasília a indenizar uma consumidora por danos materiais e morais. A mulher levou os filhos para uma das lojas da franquia e o lanche servido apresentava bolor (fungos). As crianças chegaram a comer parte da refeição e a filha mais nova teve intoxicação alimentar.

“Os documentos demonstram o estado em que se encontrava o sanduíche consumido, com parte em coloração verde, característica de mofo ou bolor, causado pela atuação de fungos em provável armazenamento deficiente do alimento”, constatou a juíza Oriana Piske de Azevedo Barbosa.

Em sua defesa, o McDonald’s alegou que vendeu, no mesmo dia, 95 sanduíches com o mesmo tipo de pão, mas não recebera nenhuma outra reclamação. Mesmo assim, a juíza considerou insuficiente a alegação, já que a rede não mostrou provas de que o pão estava em perfeito estado.

A autora da ação alegou que teve um gasto de R$ 1.150,35 com consultas, exames e medicamentos, por causa da intoxicação de sua filha, além dos gastos com o lanche, devendo esse valor ser devolvido à consumidora. Já em relação aos danos morais, a ré foi condenada a pagar R$ 3 mil. Ainda cabe recurso.  (Com o Correio e TJDFT)

Tópicos